DISNEY: Entenda a nova política de ingressos.

DISNEY: Entenda a nova política de ingressos.

A partir de agora, o preço cobrado para a entrada nos parques do complexo passa a variar conforme a data da viagem e o total de dias de visita.

Anfitriã de nada mais, nada menos do que 72 milhões de turistas no ano passado, de acordo com dados divulgados pelo Visit Orlando, que a cidade mais divertida do mundo é um pote de ouro não é novidade para ninguém. Um dos responsáveis por esse extraordinário sucesso, como você bem sabe, atende pelo nome de Walt Disney World Resort.

O que talvez seja inédito para você é que este gigante do reino do entretenimento acaba de implantar uma nova política de vendas de ingressos, que está em vigor desde o mês outubro e é válida para o quarteto Magic Kingdom Park, EpcotDisney’s Animal Kingdom Theme Park e Disney’s Hollywood Studios e para os parques aquáticos Disney’s Blizzard Beach Water Park e Disney’s Typhoon Lagoon Water Park.

OPA, MAS O QUE ISSO SIGNIFICA?

Na prática, o que muda é o preço final, que passa a ser estabelecido com base em três variáveis: data da visita, tipo de ingresso adquirido e número total de idas aos parques. Resumindo, anote aí as três perguntas que você precisará fazer  a si mesmo antes de efetuar a compra:

1) Em qual data você gostaria de ir ao primeiro parque do Walt Disney WorldResort?

2) Você quer ingressos para quantos dias de visita aos parques?

3) Você pretende visitar mais de um parque no mesmo dia?

Agora, entenda como cada uma dessas respostas vai impactar no valor final da transação. Vamos começar pelo básico: a data da viagem.

CONTAGEM REGRESSIVA

Diferente do sistema de precificação dinâmica, que consiste na variação do preço conforme a demanda – isto é, quanto maior a procura, maior o valor –, no cálculo realizado pela Disney o que será levado em conta será o histórico de visitas versus a época do ano em que será feita a viagem. Com isso, é possível escolher uma data que apresente os valores mais adequados para o seu orçamento.

Antes disso, porém, é fundamental saber quantos dias desejam passar em cada parque. Quatro, oito, dez dias? Só depois de obter este dado crucial é que podemos seguir para o próximo passo: definir o dia exato em que será feita a primeira visita.

CALENDÁRIO A POSTOS

Agora que você já tem todas essas informações em mãos, chegou a hora de dizer que há um período pré-determinado para utilizar seus ingressos. Funciona da seguinte maneira:

– Quem comprar dois dias de ingresso terá no máximo quatro dias, contados a partir da data da primeira visita, para utilizá-los;

– Quem comprar três dias de ingresso terá no máximo cinco dias, contados a partir da data da primeira visita, para utilizá-los;

– Quem comprar quatro dias terá no máximo sete dias para utilizá-los, contados a partir da data da primeira visita; quem comprar cinco terá oito e assim por diante.

Exemplificando: se a compra for para dois dias de ingressos e o seu primeiro dia de visita ao parque está marcado para 8 de janeiro, você terá até o dia 11 do mesmo mês para usar o segundo, tendo os dias 9 e 10 livres para curtir outras atividades no destino. Vale lembrar que em 12 de janeiro o prazo terá expirado e o ingresso será perdido se não tiver sido utilizado.

BENEFÍCIOS ADICIONAIS

Seja qual for o pacote de ingressos adquirido, será possível adicionar ainda as opções Park Hopper e Park Hopper Plus, que têm um preço fixo e são recomendadas para quem quer ir em mais de um parque no mesmo dia – no caso do Plus, a opção contempla os parques aquáticos. Esses “bônus” são indicados para as pessoas que já conhecem os parques e querem passar a manhã em um, a tarde em outro e assistir a um show noturno em um terceiro, por exemplo.

É importante ressaltar que a versão atual de 1 a 10 dias de parques, com 14 dias disponíveis para uso, continua existindo, mas mediante o pagamento de uma taxa extra – aqui também dá para incluir as opções Park Hopper e Park Hopper Plus.

E fique atento! Se for preciso atrasar ou adiantar as datas da visita já agendada poderá ser cobrada uma diferença tarifária (e não haverá reembolso caso a troca de ingressos seja por um mais econômico).

Achou complicado? Não se preocupe, organizamos seu roteiro de acordo com suas preferências. Aéreo, hotel, carro, ingressos, dicas de compras, restaurantes, tudo para tornar sua viagem mais que perfeita!

 

Para maiores detalhes, entre em contato com nossa equipe.

  

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 2 =