Lyft cresce entre viajantes corporativos, e já alcança 11%; Uber cai.

Lyft cresce entre viajantes corporativos, e já alcança 11%; Uber cai.

Enquanto a Uber se manteve estagnado, e até mesmo sofrendo ligeiras reduções na receita com viajantes corporativos, sua concorrente em alguns mercados Lyft segue ganhando espaço no segmento.

Segundo o relatório SpendSmart, do fornecedor de soluções de despesas Certify, no terceiro trimestre de 2017, que envolve os meses de julho, agosto a setembro, a Lyft foi responsável por 11% dos gastos corporativos com transporte terrestre nos Estados Unidos, um aumento considerável em comparação aos 6% que possuía no primeiro trimestre do ano, e 8% no segundo.

Já a Uber, que no último relatório havia crescido 2% e alcançado a margem dos 55%, sofreu um decréscimo de 1%, ficando com 54% no trimestre. O aluguel de carros e uso de táxi também caiu 1% cada nas despesas corporativas.

Se desconsiderar a locação de automóveis, a Lyft já alcança 15% do mercado terrestre em viagens corporativas, contra 76% da Uber e apenas 9% dos táxis.

“O último relatório Certify SpendSmart mostrou como o viajante de negócios está mais nas rédeas da situação do que nunca, quando se trata de tomar decisões nos gastos feitos durante sua viagem”, explicou o CEO da Certify, Robert Neveu, ao site Skift. O provedor de software de gerenciamento de despesas de viagens analisou cerca de 10 milhões de recibos de seus clientes corporativos, empresas que utilizam sua plataforma para gerenciar gastos de viajantes.

Algumas locais, inclusive, viram um aumento ainda maior no uso da Lyft entre os viajantes de negócios. São Francisco teve um salto de 9% no uso do aplicativo, enquanto a Uber teve uma queda de 8% na cidade. Já a participação da Lyft em Boston e Dallas aumentou 5%.

GASTO MÉDIO MENOR

O gasto médio por corrida da Lyft, inclusive, caiu neste trimestre em relação ao passado, fechando em US$ 19,20, contra US$ 21,28 do último relatório, uma queda de US$ 2,08. Na Uber, o gasto médio subiu pouco mais de um dólar, fechando em US$ 25,73, sendo mais de seis dólares acima do valor médio da Lyft.

VALOR DE MERCADO CRESCE
O relatório do Certify é divulgado logo após a Lyft anunciar que recebeu um investimento de US$ 1 bilhão do grupo Alphabet, que comanda empresas como a Google e Wayamo. O aporte foi feito através da Capital IG, fundo de investimentos do grupo, e fez com que a Lyft chegasse ao vlaor de mercado de US$ 11 bilhões.

 

Fonte: Panrotas

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 14 =